Páginas

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Monumento à Nossa Senhora da Conceição


Monumento à Nossa Senhora da Conceição
Foto: Armando Cajueiro, 2000.
Nossa Senhora da Conceição é a santa padroeira do Estado do Amazonas. É quem dá nome à nossa catedral Metropolitana, que abriga uma escultura da santa em seu frontão e no altar principal. Mas em praça pública há outra escultura representativa desta santa. É sobre ela que vamos tratar neste texto.

Dados históricos
O Monumento à Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Amazonas, foi erguido em decorrência do Congresso Eucarístico Diocesano de Manaus, realizado em 1942. Comemorou-se 50 anos de criação do bispado. Como parte das comemorações, houve uma procissão fluvial de Belém a Manaus, subindo o rio Amazonas. O nome da praça foi modificado de Praça Antônio Bittencourt para Praça do Congresso.

Dados estéticos
A escultura apresenta similares do estilo barroco como a vestimenta e a posição das cabeças de crianças aos pés da santa, uma representação comum para N.S. da Conceição. O pedestal, no entanto, não faz uma composição harmoniosa com a peça, e fica a impressão de que são duas coisas distintas. A desproporção do pedestal em relação à peça artística, talvez na intenção de valorizar a escultura, obteve na verdade, um resultado oposto. A obra fica alta demais para a observação dos seus detalhes, que acaba comprometendo-a.

Alterações
Em 2002 a praça passou por uma reforma e o Monumento sofreu alterações. Houve limpeza para a retirada dos cartazes que são comumente colados no pedestal de cimenta e nas placas de mármore. Houve pintura em toda a base do Monumento. E a escultura de mármore recebeu uma pintura em tom de cobre.



Monumento com alteração na pintura
Foto: Evany Nascimento, 2002.
 Informações existentes na obra
Quem se detém um pouco mais diante do Monumento, vai descobrir que as quatro faces da base do pedestal são recobertas por placas de mármore com inscrições informativas sobre os motivos de colocação do Monumento, o que ele representa, quem colocou e a quem homenageia. Muitas vezes a leitura desse texto é dificultada pelas pixações e cartazes que são colados. Abaixo segue cada um desses textos.

Placa de mármore no pedestal, face frontal:
Em preito de gratidão - a Dom Francisco de Orellana e aos
seus companheiros - no quarto centenário do descobrimento
do Rio Negro - as administrações do Estado do Amazonas e
da Prefeitura de Manaus mandaram construir êste monumento.
3.6.1542                                                                 3.6.1942

Placa de mármore no pedestal, face lateral direita:
Manaus - Agradecida -
ao seu 1º Bispo - Dom José Lourenço de Aguiar -
O organizador da Diocese.

Placa de mármore no pedestal, face posterior:
Para lembrar aos posteiros o 1º Congresso Eucarístico
Diocesano de Manaus - Comemorativo do Cincoecentenário da Criação
do Bispado - a Prefeitura Municipal ergueu, sob as bênçãos do
pôvo, êste marco - à Nossa Senhora da Conceição, Padroeira
do Amazonas.
                                5.5.1892                                                    4.6.1942    
                                   
Placa de mármore no pedestal, face frontal lateral esquerda:
Manaus - de joêlhos - diante de Leão XIII - Papa dos Operários
e Criador da Diocese.

Situação atual
Atualmente (outubro de 2012), toda a praça encontra-se fechada para revitalização e do Monumento pode-se ver apenas alguns pontos que indicam que a pintura feita em 2002 foi retirada, deixando ver a brancura do mármore. O Monumento aparece "enrolado" em plástico preto.



Vista do IEA para o Monumento
Foto: Evany Nascimento, outubro 2012
 A revitalização da praça está sendo feita pelo Governo do Estado do Amazonas, através da Secretaria de Cultura, Projeto CARTÃO POSTAL. Este projeto prevê a revitalização da praça e entorno, deixando o traçado da praça "como era" nos anos 1960. Na placa vê-se que o nome oficial da praça voltará a ser Praça Antônio Bittencourt. Também é possível ver o orçamento do projeto e a data de entrega da obra.




Placa informativa
Foto: Evany Nascimento, outubro 2012.



Praça em obras
Foto: Evany Nascimento, outubro 2012.
 A sociedade amazonense aguarda a abertura da praça. Também aguardamos para ver o Monumento limpo e a escultura de Nossa Senhora da Conceição abençoando a Avenida Eduardo Ribeiro, coração do Centro Histórico de Manaus.

Inté!

Fonte: NASCIMENTO, Evany. Inventário e Catalogação de Obras de Arte em Logradouros Públicos do Centro Histórico de Manaus. Relatório Final de Pibic, 1998. Universidade Federal do Amazonas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário