Páginas

domingo, 21 de outubro de 2012

Memória de Manaus com cores de Otoni Mesquita - Postais

Gravuras e xilogravuras da cidade de Manaus, feitos por viajantes europeus na segunda metade do século XIX, ganharam cores do artista e pesquisador Otoni Mesquita. O trabalho fez parte da Coleção Resgate Patrimônio Cultural Imaterial, do Governo do Estado do Amazonas, através da Secretaria de Estado da Cultura. A colorização foi feita digitalmente recuperando essas imagens preciosas que só tínhamos contato em reproduções em preto e branco de livros de historiadores. Estas e outras imagens do início da cidade de Manaus também compõem (em preto e branco) o livro de Otoni Mesquita Manaus: História e Arquitetura (1852-1910). Segue abaixo cinco postais desta coleção.

O Lugar da Barra - gravura de Joam André Schwebel
Postal, acervo particular

Litoral da cidade de Manaós, Rua Bela Vista - desenho de Hidibrand, gravado por Riou
Postal, acervo particular

Entrada da Cidade da Barra, no sentido norte - xilogravura de Riou e A. Bertrand
Postal, acervo particular

Vista parcial da Cidade da Barra do Rio Negro do outeiro dos Remédios - gravura de Riou e A. Bertrand
Postal, acervo particular

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição - Xilogravura de Humbert e Michelet
Postal, acervo particular

Identificação do postal

Nenhum comentário:

Postar um comentário