Páginas

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Manaus e a Avenida Eduardo Ribeiro


A cidade de Manaus, capital do Amazonas surgiu a partir da construção de uma fortaleza na confluência dos rios Negro e Solimões, em 1669. Passou de aldeia à vila e de vila à cidade, em 1848; em 1850, com a elevação do Amazonas à categoria de Província, passa a ser a capital e a receber “melhoramentos” e intervenções urbanas. Com a riqueza proporcionada pela economia da borracha, a cidade foi remodelada especialmente no período de 1890 a 1910, quando foi dotada de arquitetura eclética, com prédios inspirados nos padrões estéticos europeus, jardins públicos e monumentos comemorativos. O espaço privilegiado por estas modificações compreende hoje o Centro Histórico da cidade, que passa por um processo para ser tombado como patrimônio nacional.

Dentro deste processo de intervenções urbanas do final do século XIX e início do século XX, foi aberta uma avenida no Centro, a partir do porto e que termina em uma grande praça e com um prédio onde funcionaria o Palacete Provincial. Esta Avenida tem hoje o nome de Avenida Eduardo Ribeiro, em homenagem ao governador responsável pelas transformações urbanas, pois sua administração aconteceu no período de maior arrecadação do Estado (1892 a 1896).

A Avenida Eduardo Ribeiro atravessa as principais ruas do centro histórico que também se tornou centro comercial com a implantação da Zona Franca em 1967. Praticamente toda a extensão da avenida, dos dois lados é ocupada por estabelecimentos comerciais. No entanto, observamos uma diferença dos tipos de estabelecimentos. No alto da Avenida, mais próximo ao Teatro Amazonas, situam-se os mais “nobres”, com produtos mais caros, e na parte baixa, mais próxima ao porto, os mais populares, incluindo aí a feira de camelôs.

No alto da Avenida, temos o Largo São Sebastião e o Monumento à Abertura dos Portos o Teatro Amazonas e o Palácio da Justiça. Na parte baixa da mesma Avenida, o Porto, A Igreja, o Relógio, e o Obelisco em Homenagem à Cidade de Manaus. 

Abaixo algumas imagens de postais antigos com a Avenida Eduardo Ribeiro em destaque.

Av.Eduardo Ribeiro esquina com a rua Municipal, hoje 7 de Setembro. Álbum do Amazonas, Manaos 1901-1902.
Conjunto de postais "Manaus, minhas raízes", patrocinado pela Bemol.
Acervo particular.
Av.Eduardo Ribeiro (provavelmente anos 1980).
Postal Edicard, Editora Cultural Ltda.
Acervo particular.


Vista parcial - Centro da Cidade
Postal Litoarte, Série Brasil Turístico.
A via principal é a Eduardo Ribeiro, com a antiga Lojas Brasileiras na esquina com a 7 de Setembro.
Acervo particular.



Feira de Artesanato da Av. Eduardo Ribeiro
Postal Litoarte, Série Brasil Turístico
A Feira acontece todos os domindos, das primeiras horas da manhã até às 14h, em praticamente toda a extensão da Avenida.
Acervo particular


Nenhum comentário:

Postar um comentário