Páginas

terça-feira, 20 de agosto de 2013

"Banzeiro Cultural" - projeto da Manaus Cult


Ao que parece, a nova gestão da Manaus Cult, a secretaria municipal de cultura, ainda está passando por ajustes. O "Banzeiro Cultural", antiga Virada Cultural, que mudou de nome e data (agora acontecerá na semana de aniversário da cidade), ainda segue sem definição. Também ao que parece, a Prefeitura pretende fazer grandes eventos comemorativos no aniversário de Manaus: o Banzeiro, o Boi Manaus e a inauguração do Mercado Público Adolpho Lisboa. Falta pouco.




‘Banzeiro Cultural’ está sem programação definida

O diretor-presidente da ManausCult, Bernardo de Paula, disse que as ações para o evento iniciaram desde o mês de maio – foto: divulgação
O diretor-presidente da ManausCult, Bernardo de Paula, disse que as ações para o evento iniciaram desde o mês de maio – foto: divulgação


O ‘Banzeiro Cultural’, evento que vai substituir a Virada Cultural no calendário de eventos da Fundação Municipal de Cultura e Artes (ManausCult), vai acontecer na semana de aniversário da cidade de Manaus, em outubro.
A dois meses e meio das festividades, a organização ainda não definiu o quadro de atrações, orçamento, assim como os locais que devem receber a programação. O diretor-presidente da fundação, Bernardo de Paula, nega que os trabalhos estejam atrasados.
“As ações para a reformulação deste projeto iniciaram no mês de maio. Nos programamos para realizar um evento com boa qualidade e dentro do prazo. Nossa expectativa é que antes de outubro tudo esteja concluído”, disse Paula. O diretor frisou que toda a parte logística do novo programa está sendo desenvolvido pelo departamento de cultura da ManausCult.
O setor é responsável por definir a quantidade de artistas locais e nacionais que devem se apresentar durante o evento e os pontos de atuação. “Esse programa vem estabelecer uma interação entre o profissional amazonense, a sociedade e outros artistas que poderão ser convidados para participar. Não descarto a possibilidade de recebermos nomes nacionais”, anunciou.
Paula também disse que a programação deve acontecer durante sete dias seguidos e encerrar com as festividades do Boi Manaus, que além de ser realizado no sambódromo, também será descentralizado em três zonas da cidade. Ele disse que a questão orçamentária também está em elaboração.
“Posso afirmar que recebemos R$ 400 mil do governo federal para investirmos no evento dos bumbás. Mas ainda estamos em trabalhos para fechar os valores a serem destinados pelo município aos dois programas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário