Páginas

sábado, 15 de junho de 2013

Abílio Farias: a voz que emocionou multidões em Manaus

Lembro da voz de Abílio Farias durante os comícios do ex-governador Gilberto Mestrinho. Parecia uma dupla inseparável nos palanques. Lembro do Abílio de terno branco cantando com aquela voz grave e potente. Ouvir 'Mulher difícil o homem gosta' passou a fazer parte da minha infância e adolescência. Era como uma regra a ser cumprida, uma determinação social. 'Velocípede velho', já me remetia à tristeza, como alguém que tivesse ganho um presente e a felicidade fosse escura. Outra música já ensinava a simplicidade, 'Cabeça oca'. Essas músicas combinavam com outras que ouvíamos, com Altemar Dutra, Sergio Freire, Noite Ilustrada, Waldick Soriano... As vozes desses cantores sempre me emocionaram. Não lembro se tínhamos algum LP do Abílio, mas sei que ouvíamos pela rádio todos os domingos. Sempre vou reconhecer essas músicas e essa voz. O homem vai, a música fica!

Alguns vídeos no youtube com as músicas de Abílio Farias:
Cabeça oca
Mulher difícil o homem gosta
Coração indeciso
Velocípede velho
Pijama e o chinelo
Vou fechar o cabaré


*****************
Em Tempo
*****************


Manaus perde o cantor Abílio Farias

O velório e o enterro do cantor vão acontecer neste sábado (15) – foto: Reprodução
O velório e o enterro do cantor vão acontecer neste sábado (15) – foto: Reprodução
O velório e o enterro do cantor vão acontecer neste sábado (15) – foto: Reprodução
O velório e o enterro do cantor vão acontecer neste sábado (15) – foto: Reprodução
O cantor Abílio Farias, de 66 anos, morreu em Manaus na noite dessa sexta-feira (14) vítima de complicações cardíacas.

Conhecido como um dos precursores do estilo brega, o cantor estava no Hospital do Coração, localizado no boulevard Álvaro Maia, Zona Centro-Sul da capital, onde deveria passar por uma intervenção cirúrgica para implantação de uma ponte de safena.

Depois da cirurgia, que aconteceu na última terça (11), o cantor se recuperava no hospital, mas acabou tendo falência múltipla dos rins e não resistiu.

Abílio Farias era natural de Itacoatiara e lançou sucessos populares como as canções ‘Ciganinha Feiticeira’ e ‘Mulher difícil o homem gosta’.

O velório e o enterro do cantor vão acontecer neste sábado (15). O corpo será velado na Funerária São Francisco, no bairro Cachoeirinha, de onde partirá o féretro rumo ao cemitério São João Batista.




***********************
***********************

15/06/2013 15h07 - Atualizado em 15/06/2013 21h58

Em Manaus, amigos e familiares 

prestam homenagens 

a Abilio Farias

Cantor amazonense morreu na noite desta sexta-feira (14).
Músicos como Nunes Filho e Jota Xaxado compareceram ao velório.

Tiago MeloDo G1 AM
2 comentários
Amigos e familiares foram ao velório se despedir de Abilio Farias (Foto: Tiago Melo/G1 AM)Amigos e familiares foram ao velório se despedir de Abilio Farias (Foto: Tiago Melo/G1 AM)
O corpo do cantor amazonense, Abilio Farias, vítima de falência dos rins aos 66 anos, ocasionada por complicações cardíacas, foi velado na manhã deste sábado (15) na Funerária São Francisco, situada na Avenida Carvalho Leal, bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus, nas proximidades do Terminal de ônibus (T2). O velório contou com a participação de familiares, amigos e músicos.
Natural de Itacoatiara, município do Amazonasdistante 175 km da capital, Abilio Farias era admirado por amigos e parentes. “O Abilio tinha um coração enorme, um coração de irmão. Ele estava sempre ajudando alguém mais necessitado e nunca pedia algo em troca”, comentou o cantor e compositor Wilson Dantas, mais conhecido como ‘Paraguaçu’.
 Segundo ‘Paraguaçu’, que conhecia Abílio há mais de 40 anos, aonde o cantor chegava, todos que estavam por perto se encantavam com sua presença. “Isso também o tornava merecedor de muitas coisas boas. Era comum presentearmos Abilio com músicas de nossa autoria para que ele as interpretasse com sua voz linda”, comentou Wilson ‘Paraguaçu’.
Para o ‘Príncipe do Brega’, Nunes Filho, que também compareceu ao velório, a morte de Abilio deveria ser motivo de luto para o Amazonas. “Abilio era dono de uma voz maravilhosa, um grande intérprete que a música brasileira perdeu hoje. Apesar de ainda termos excelentes cantores no Amazonas, Abilio era insubstituível”, afirmou Nunes Filho, amigo do cantor de longa data.

Quem também compareceu ao velório foi o compositor Jota Xaxado, que conheceu Abilio quando ainda era vendedor de produtos esportivos. “Pra todos que trabalham com música, a perda dele é irreparável. Mas para mim a perda é ainda maior, porque foi graças a ele que hoje tenho meu nome como compositor”, disse Jota.
Velório aconteceu na manhã deste sábado, em Manaus (Foto: Tiago Melo/G1 AM)Velório aconteceu na manhã deste sábado, em Manaus (Foto: Tiago Melo/G1 AM)
“Conheci ele quando eu trabalhava numa loja de artigos esportivos. Ele olhava uma blusa de time e eu estava tocando uma música minha ao violão. Foi quando ele chegou pra mim e perguntou quem era o autor da obra. Eu disse que era minha e que queria dar para ele interpretá-la. Ele aceitou e desde então viramos parceiros musicais e amigos”, contou Jota Xaxado.
Abilio foi homenageado por familiares, amigos e por órgãos como a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Em entrevista concedida ao G1, o secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Roberto Vital, que era amigo de Abilio, disse que esteve pela última vez com o cantor no dia do infarto. "Ele esteve lá na secretaria me visitando, porque éramos muito próximos. Somos conterrâneos e eu o conhecia há 60 anos", contou.
Morre uma estrela
De acordo com a filha do cantor, Joelma Farias, de 40 anos, Abilio morreu por volta das 19h30 de sexta-feira (14). "Ele teve um infarto na segunda (10) e foi levado para o Hospital Beneficente Portuguesa, no Centro. Lá, eles fizeram um cateterismo e os médicos constataram que as artérias estavam entupidas", relatou.
Após a constatação, ele foi transferido para o Prontocord - Hospital do Coração, localizado na Avenida Álvaro Maia, Zona Centro-Sul,  para que fosse implantada uma ponte de safena. Depois da cirurgia, que aconteceu na terça-feira (11), ele se recuperava no hospital, mas acabou tendo falência dos rins nesta sexta.
Cantor Abilio Farias (Foto: Reprodução/TVAM)Cantor Abilio Farias (Foto: Reprodução/TVAM)
Enterro
O enterro do cantor está previsto para acontecer na tarde deste sábado (15), por volta das 16h, no Cemitério São João Batista, localizado na Praça Chile, no Bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul da cidade.

De acordo com amigos do músico, durante o enterro será cantada a música 'Luzes da Ribalta', do filme de Charles Chaplin. Segundos Joelma Farias, a canção foi escolhida por Abilio para ser interpretada pelo amigo coronel Martins no dia de seu velório. "Eles firmaram um acordo: quem morresse primeiro receberia a homenagem do outro", disse Joelma.

******************
******************
Portal Amazônia » Cultura » Echos » Matéria
15 de junho de 2013 - atualizado as 17:01
Echos
Amazonas

Morre consagrado cantor amazonense, Abílio Farias, em Manaus

Cantor iniciou a carreira na década de 70. Entre os sucessos estão 'Ciganinha Feiticeira' e 'Encrenqueira, Fofoqueira'.

 Redação - jornalismo@portalamazonia.com
Cantor Abílio Farias encantava o público amazonense. Foto: Divulgação
Cantor Abílio Farias encantava o público amazonense. Foto: Divulgação
MANAUS - A capital amazonense está em luto. Na noite desta sexta-feira (14), o cantor Abílio Farias faleceu devido problemas cardiovasculares. Ele estava internado no Hospital do Coração – Prontocorde, após um infarto no início da semana.
Natural de Itacoatiara (distante 175 quilômetros de Manaus), Abílio é dono de vários sucessos, entre eles ‘Ciganinha Feiticeira’, ‘Mulher Difícil, Homem Gosta’, ‘Segue Teu Caminho’, ‘Encrenqueira, Fofoqueira’, Vou Fechar o Cabaré’ e ‘Aviso Prévio’.
Aos 66 anos, o cantor amazonense iniciou a carreira na década de 1970. Flamenguista de coração, AbílioFarias era apaixonado por esportes. O enterro do cantor aconteceu neste sábado (15), no Cemitério São João Batista.
Ouça a música ‘Aviso Prévio
Acompanhe o Portal Amazônia no Twitter Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário