Páginas

domingo, 12 de agosto de 2012

A identidade visual do Movimento ABRE BIBLIOTECA

Logo do Movimento ABRE BIBLIOTECA
O Movimento ABRE BIBLIOTECA é uma ação voluntária de profissionais de várias áreas que buscam das autoridades a reabertura da Biblioteca Pública do Estado do Amazonas, fechada para uma reforma que já dura mais de cinco anos.

A logo do Movimento ABRE BIBLIOTECA foi feita por Thiago Siqueira que é estudante de Biblioteconomia, inspirado num movimento espanhol chamado "Maré Amarela" que também luta pela valorização dos equipamentos de cultura daquele país.

Thiago usou as cores amarelo e azul do movimento espanhol e um desenho representando a leveza de uma figura humana com um livro aberto. Pra gente significa a sensação de liberdade que o livro pode dar.

Após uma semana de mobilização recebemos um prazo para a entrega da Biblioteca entre 45 e 60 dias. Thiago então deu início à campanha da Contagem Regressiva.






As ações do Movimento chegaram à organização do 1º ato e Thiago fez o cartaz convidando as pessoas: "Vamos abraçar a Biblioteca?"






A partir daí entrou em cena o estudante de Design Matheus Santos que, usando a logo criada por Thiago, reelaborou o cartaz e produziu novas campanhas para o Movimento.






A campanha para o "Vamos abraçar a Biblioteca Pública?" também teve o apoio de outros designers como Janssem Cardoso e Nide Braga que aliaram suas imagens à imagem da campanha.

A ideia de Janssem Cardoso saiu de São Paulo e veio parar nos jornais de Manaus ilustrando a divulgação do evento.

Nide Braga enviou seu apoio lá de Belém do Pará.


Bibliotecários do Rio de Janeiro aproveitaram a ideia de Janssem e também enviaram seu apoio.

Outras campanhas do Movimento produzidas por Matheus:









São quase quatro meses de mobilização, mais de quatro mil pessoas apoiando no facebook (no grupo ABRE BIBLIOTECA), centenas de pessoas que tiraram fotos com o cartaz do Movimento e as campanhas que ajudaram a disseminar tudo isso.

Um movimento voluntário ou qualquer outro que seja, precisa de cartazes. Cartazes, qualquer pessoa com boa vontade pode fazer. Existem inúmeras pessoas talentosas como Thiago Siqueira que não ficam de braços cruzados diante da necessidade de produzir um cartaz.

No entanto, quando há a presença de conhecimentos específicos do campo do Design, as campanhas ganham mais força. O material produzido por Matheus Santos é um exemplo do quanto o Design pode fazer a diferença na consolidação de um Movimento através da identidade visual. Por essas e outras eu defendo mais espaço para o Design Social.

Os Movimentos estão na rua e os designers estão trancados em algum lugar. Fica a dica!
Informamos também que o Movimento ABRE BIBLIOTECA tem vagas para "designer cidadão". O pagamento: reconhecimento social, espaço para experimentos e divulgação do trabalho.
Venha fazer parte desta equipe!

Thiago Siqueira


Matheus Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário