Páginas

domingo, 21 de julho de 2013

Parque Senador Jefferson Péres - uma visita no meio da tarde

No dia 18 de julho, uma quinta-feira, saí para um registro fotográfico dos espaços públicos do Centro Histórico de Manaus, aproveitando para fazer anotações sobre o entorno. Passei pelo Parque Senador Jefferson Péres, às 14:30. As fotos ficaram lindas porque minha máquina (Lumix) precisa de muita luz. Mas não recomendo esse horário para passear no Parque. Os melhores horários são no fim da tarde e início da noite, quando é possível caminhar e ficar nos bancos dispostos ao longo das trilhas. Talvez daqui a alguns anos, quando as árvores e trepadeiras crescerem, o espaço fique mais agradável durante mais tempo. Por enquanto, é possível desfrutar das belezas do lugar por poucas horas, pois no clima de Manaus, onde ao ar livre, sem árvores, as temperaturas são insuportáveis (passam de 40º), não é recomendado essa exposição ao sol.

No Portal Oficial do Governo do Estado do Amazonas, há informações sobre alguns dos espaços públicos de Manaus e entre eles o Parque Jefferson Péres. As informações seguintes são retiradas deste portal.








"Com área total de 53.421m². Está localizado entre as Avs. 7 de Setembro e Lourenço da Silva Braga, Ruas Lima Bacuri, Dr. Almínio e Jonatas Pedrosa. Foi inaugurado em 01 de setembro de 2009."








"O Parque Senador Jefferson Péres é um espaço público edificado em área de antiga invasão de palafitas que interferiam nos igarapés de Manaus e Bittencourt, dois tradicionais pontos urbanos da cidade de Manaus.

Servindo para a recuperação do ambiente, o parque permite o conhecimento de um pouco da história política, social e paisagística da capital amazonense, especialmente do período da economia da borracha, seja com a vegetação, o traçado, a arquitetura, a simetria, a simbologia, enfim, de todo um clima que marcou aquele período histórico.

Possui a maior bandeira do Estado do Amazonas, com tamanho de 12,30 x 17,57, hasteada em um mastro de 60 metros de altura que pode ser visualizada em diversos pontos da cidade de Manaus."





  • "Portal (Pórtico): Marco transparente, feito de ferro, é encabeçado por renda metálica com desenho semelhante ao do gazebo do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, recuperando e valorizando traços decorativos reconhecidos pela grande massa da população de Manaus. O piso repete o modelo do adorno do Largo de São Sebastião, registrando o encontro das águas dos rios Negro e Solimões."
Monumento em homenagem ao Senador Jefferson Péres, inaugurado em 19 de março de 2013.

  • "Fonte: No centro do parque em ponto mais imponente, está instalada uma fonte de ferro fundido, originária de Glasgow, Escócia, trazida para Manaus no período áureo da borracha e inaugurada no centro antigo em 1913 pelo Governador Jonathas Pedro e prefeito Jorge de Mores. Completando a simetria do desenho os dois espelhos d’água, que visualizados do alto tem formato de uma borboleta."



Obs.:
Os banheiros estavam funcionando muito bem, limpos e com papel higiênico. Todo o parque recebia reparos e limpeza cuidadosa na tarde em que passei por lá. O que incomoda é que não exista ainda uma programação para que a população possa ocupar o espaço. Mesmo à noite, não há muitas pessoas visitando. Isso indica que há algo que precisa ser revisto. O entorno continua sendo uma área que representa perigo à noite e isso é o principal fator que afasta os frequentadores. Lamentável que uma área tão bonita e que custou muito para os cofres públicos, siga apenas exposta ao sol. 


Horários:
"Segunda a sexta das 08h às 21h (Administrativo).

Segunda a segunda das 06h às 22h (visitação e caminhada)

Horário das atividades: 17h às 21h"

Nenhum comentário:

Postar um comentário