Páginas

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Casarões iluminados no Centro Histórico de Manaus

Matéria sobre os casarões que foram iluminados pelo projeto "Lugares que o dia não me deixa ver".


*******
G1 AM
*******

10/09/2013 00h32 - Atualizado em 10/09/2013 00h32


Projeto ilumina casarões 



históricos abandonados



no Centro de Manaus

Objetivo é chamar a atenção do poder público e sociedade para o problema.
'Lugares Que O Dia Não Me Deixa Ver' continua por todo o mês de setembro.

Marcos DantasDo G1 AM
Comente agora
Casarões hitóricos abandonados ganharam, por algumas horas, vida nova, com iluminação cênica, em Manaus (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)Casarões hitóricos abandonados ganharam, por
algumas horas, vida nova, com iluminação cênica,
em Manaus (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)
A segunda edição do projeto 'Lugares Que O Dia Não Me Deixa Ver' reviveu, por algumas horas, casarões históricos abandonados no Centro de Manaus, na noite desta segunda-feira (9). Das 18h às 22h, três casarões antigos, localizados na Avenida Eduardo Ribeiro, Rua Ferreira Pena e Avenida Epaminondas receberam simultaneamente um banho de luz cênica. A iniciativa é realizada pela Cia. De Ideias, em parceria com o Ponto de Cultura Casarão de Ideias.
O primeiro dia da 2ª edição do projeto, no dia 2 de setembro, teve uma mostra fotográfica do grupo ‘A Escrita da Luz’ em frente à Santa Casa de Misericórdia. O prédio, um dos mais importantes da históra da capital atualmente fechado, também recebeu luz cênica.
De acordo com o coordenador de produção, Efraim Mourão, um dos objetivos é chamar a atenção do poder público para os casarões históricos, que ano após ano se deterioram mais. "A idéia é do João Fernandes, dono do espaço Casarão de Ideias, e surgiu em 2012. Ele percebeu que muitos prédios históricos de Manaus estavam esquecidos e então ele resolveu começar com esse projeto, mostrando paras as pessoas a linda arquitetura da nossa cidade que está largada pelo poder público", disse ao G1.
O 'Lugares Que O Dia Não Me Deixa Ver' continua durante todas as segundas-feiras deste mês de setembro, sempre a partir das 18h. O projeto, que na edição passada esteve em quatro pontos, entre eles o Relógio Municipal, o Complexo da Booth Line e o antigo Cabaret Chinelo, abrangerá nesta temporada 15 locais.
Além dos casarões nas Avenidas Eduardo Ribeiro, Ferreira Pena e Epaminondas, as Praças da Matriz e Tenreiro Aranha, o Palacete Nery e o Porto de Manaus também serão iluminados.
Casarões históricos nas Avenidas Eduardo Ribeiro e Epaminondas, além de um na Rua Ferreira Pena, foram iluminados na noite desta segunda (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)Casarões históricos nas Avenidas Eduardo Ribeiro e Epaminondas, além de um na Rua Ferreira Pena, foram iluminados na noite desta segunda (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)
Projeto busca chamar a atenção de sociedade e poder público para casarões históricos que estão abandonados no Centro de Manaus (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)Projeto busca chamar a atenção de sociedade e poder público para casarões históricos que estão abandonados no Centro de Manaus (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)
Prédio da Santa Casa de misericórdia foi iluminado no início da 2ª edição do projeto, no início do mês (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)Prédio da Santa Casa de misericórdia foi iluminado no início da 2ª edição do projeto, no início do mês (Foto: João Fernandes/Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário